Fale Conosco

O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), apontado pela Polícia Civil, como um dos líderes da quadrilha suspeita de fraudar concursos públicos na Paraíba e em vários estados do Brasil se entregou nesta terça-feira (16).

De acordo com a delegada Vanderleia Gadi, da Delegacia de Defraudações e Falsificações da Capital, ele se apresentou acompanhado de advogados a juíza Lua Yamaoka Mariz Maia Pitanga, na 4ª Vara Criminal, em João Pessoa, e foi dado cumprimento a mandado de prisão do policial. Em seguida, ele foi conduzido para interrogatório na Central de Polícia Civil.

Com a prisão de hoje, a Operação Gabarito, que desbaratou a quadrilha chega a 26 prisões. O agente da PRF se apresentou no Fórum Criminal acompanhado de três advogados e deve ficar preso no 5º Batalhão de Polícia Militar, no bairro do Valentina. 

Segundo a polícia, esquema lucrou, nos últimos 12 anos, cerca de R$ 18 milhões e aprovou mais de 500 pessoas em pelo menos 70 concursos e vestibulares.

O agente da PRF teria conseguido fraudar o ENEM e aprovado a filha em primeiro lugar para o curso de medicina. Segunod a polícia, a jovem foi ouvida e em depoimento confirmou a participação do pai no esquema.

A operação foi deflagrada no último de sete deste mês em um no condomínio de luxo da Capital. 

Fonte:Wscom