Fale Conosco

Em protesto contra o plano de demissão de servidores e o fechamento de agências, as agências do Banco do Brasil na Paraíba irão paralisar suas atividades nesta sexta-feira (29). O atendimento ao público ficará suspenso durante 24h. Uma plenária organizativa foi convocada pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba para esta quarta-feira (27), às 19h, através de uma videoconferência.

A paralisação ocorre no último dia útil do mês, data em que todos os servidores de governo, estado e prefeituras, e parte da iniciativa privada, recebem seus salários.

O presidente do Sindicato dos Bancários, Lindonjhonson Almeida, destaca a importância da deliberada em assembleia e ressalta que com a intransigência da direção do banco, só a luta unificada garantirá a possibilidade de impedir o fechamento das agências e demissões de bancários na Paraíba e em todo o país. Serão duas fechadas em João Pessoa e outra em Campina Grande.

“O Banco do Brasil tem uma história de 212 anos de serviços prestados à sociedade brasileira, é uma empresa pública que tem uma função social bem definida, gera lucros para o governo e não pode ser atacado assim dessa maneira, através de uma reestruturação que vai prejudicar a todos. O seu quadro funcional está defasado e não pode abrir mão de 5 mil funcionários. Se as filas já são enormes, imagine quando o BB tiver menos funcionários, menos caixas e menos agências. Então, qualquer mudança no seu quadro funcional tem de ser negociada com os sindicatos da categoria, conforme o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente. Portanto, contra a intransigência só temos uma arma, que é amparada pela legislação, e vamos fazer uma grande paralisação de alerta nesta sexta-feira”, destacou Lindonjhonson Almeida.