Fale Conosco

O senador Raimundo Lira não é um homem muito rico a toa. Ninguém chega a ser tão bem sucedido se não tiver um tino, o pulo do gato.

Através de Fabiano Gomes soube da primeira e agora da segunda pesquisa colocada à mesa para Lira tomar uma decisão.
Estou entre os que não percebe Lira como candidato a governador, apesar de a ideia de Raniery Paulino de um grande pacto tendo o ex-cara da Autolatina como consenso, ser interessante.

Lira olha para outra cadeira. Quando todos debatem nomes para suceder o governador Ricardo Coutinho, Lira se contenta com uma suplência de senador, repetindo 2010, quando foi suplente do agora ministro Vital e assumiu a titularidade.

E não é uma suplência qualquer, pois de um homem bem sucedido só se espera grandes jogadas. Lira quer ser o suplente de RC.

E vocês acham que essa vaga diminui o cacife do atual senador? Não! A suplência de RC será a vaga mais disputada, pois o felizardo que a conseguir terá como líquido e certo um mandato de seis anos, pois o governador não esconde de ninguém o seu desejo de voltar à Prefeitura da Capital em 2020.

Assim, Lira faz uma pré-campanha de governador para de fato disputar a concorridíssima vaga de suplente de senador. E olha que tem muita gente graúda de olho nessa escada para o céu, como é conhecido o Senado pelos que lá estiveram ou estão.

Dércio Alcântara