Fale Conosco

Responsável pela defesa do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, o advogado Raoni Vita questionou a legitimidade do vídeo liberado pelo Ministério Público nessa terça-feira (10) que mostra Lima recebendo parcela de uma suposta propina.

“Tomamos conhecimento parcial, ainda não temos acesso formal. Não sabemos se o vídeo é verdadeiro, se foi editado. A voz está destoante da imagem”, avaliou.

Segundo ele, o vídeo não traz fatos novos. “A defesa está tranquila, desconfia seriamente da veracidade desse vídeo. Inclusive porque o próprio Paulino, na Câmara de Bayeux, disse que não existia outros vídeos. Então ele mentiu na Comissão Processante? É um mentiroso contumaz”, disse o advogado, afirmando que as imagens reforçam a tese de armação.

Fonte: Mais PB