Fale Conosco

A ADUEPB (Associação dos Docentes da Universidade estadual da Paraíba), através do seu presidente, o professor José Cristovão de Andrade, distribuiu nota à imprensa informando que a entidade “recebeu com muita preocupação a divulgação pela reitoria da UEPB das contratações dos novos concursados em caráter especial, ou seja, como visitantes, por um período de 45 dias e obrigação de assinatura pelo professor de um Termo De Compromisso/Adesão.”

Destacou que a ADUEPB expressa sua preocupação com tais medidas pela reitoria e enviou documento solicitando as justificativas para tal ato. Defendemos que os colegas professores se contratados, sejam pelo Diário Oficial e de forma legal e efetiva. Os professores têm apresentado preocupação com esse clima de instabilidade, vez que já se deslocaram de seus Estados, saíram dos empregos e chegaram à UEPB com seus familiares. Outra questão é a não aceitação dos exames e atestados de saúde pela PBPREV no tocante as regras do concurso.

Sobre as novas contratações e nomeações publicadas nos jornais da cidade nos dias 29-31 de março do corrente, além dos contratos de Regime de Dedicação Exclusiva, a ADUEPB entende que tais medidas ferem a Lei 8.441 do PCCR. Exigimos explicações da reitoria sobre a forma e fonte de pagamento e a repercussão financeira na folha de pessoal de todas as contratações e nomeações. Cobramos o cumprimento do edital do concurso público que garante contratação integral, assim como, o cumprimento da data-base da categoria docente e dos técnico-administrativos com aumento emergencial de 11,34% retroativos a janeiro de 2012.

Assessoria