Política

Adriano Galdino diz que é o fim da união de João e RC: “se ele tivesse dialogado, tudo seria diferente”

O deputado Adriano Galdino (PSB) foi enfático ao afirmar que depois da carta de João Azevêdo já não há mais como manter criatura e criador unidos. Isso porque, contra a vontade de João, a executiva nacional da sigla deu ao ex-governador Ricardo Coutinho o comando interino da comissão que vai eleger o novo presidente da legenda na Paraíba.

A decisão foi tomada ontem (9) durante reunião, na qual o governador optou por não ir e ainda enviou uma mensagem ao presidente Carlos Siqueira. Na carta, João evidencia que foi eleito com toda a autonomia por 209 dos 223 municípios da Paraíba e que Coutinho teve a chance de assumir o comando da sigla, mas não quis.

E é justamente no ex-governador que o deputado Adriano Galdino está colocando a culpa por toda essa crise. “Se ele tivesse dialogado, tudo isso teria sido resolvido”, disse. Galdino lembrou ter recebido o convite de vários partidos para deixar o PSB, como Avante, PRB, Patriotas e PTB. Será que vem por aí uma debandada?

Da redação

Tags: Tags: