Fale Conosco

Com todo respeito ao honrado amigo Cristiano Zenaide, presidente do PC do B, mas sempre desconfiei que desde muito tempo certos camaradas só pensam no ouro de Moscou, que nunca veio e degenerou o que deveria ser à prova de bolas.

Aproveitando o trocadilho, lá no Ministério dos Esportes a turma do PC do B só entra em bola dividida, inovando a picaretagem que só queria no máximo 30%  do que fosse liberado.

Nesse clima de que comunista come bola e não criancinha vai ao ar na noite desta quinta (20) o programa partidário do PCdoB. Gravada antes de o Ministério dos Esportes virar escândalo, a peça teve de ser ajustada.

O vídeo abaixo mostra o making off da propaganda em sua versão original. Seria dedicada aos problemas das cidades brasileiras.

Refeita, desperdiçará um naco de tempo com os problemas do grão-pecedobê Orlando Silva, agora mais prementes .

Leia, a propósito, nota veiculada na coluna Painel, na Folha:

– Corta essa: Em meio ao calvário de Orlando Silva, o PC do B terá hoje seus dez minutos de propaganda na televisão.

Como o programa já estava gravado, o partido decidiu suprimir parte das falas para que o ministro do Esporte e o presidente da sigla, Renato Rabello, desqualifiquem o delator João Dias.

Cá pra nós, João Amazonas, esteja onde estiver, está indignado.