Opinião Polêmica

A volta de Dinaldinho à Prefeitura de Patos é uma questão de justiça

Cinco longos meses de investigações pesadas contra Dinaldinho, pente fino geral  na vida dele e na gestão interrompida com o seu afastamento da Prefeitura de Patos e até o presente nada encontraram.

Um amigo de cargo poderoso no judiciário me confidenciou que achava um absurdo o que estavam fazendo com o verdadeiro prefeito de Patos e lamentou que o tempo de afastamento não se repara e prejudica o mandato.

Soube que todo tipo de safadeza vem sendo praticada na Prefeitura de Patos sem que o MP se pronuncie, como se a perseguição implacável do promotor Alberto Cartaxo a Dinaldinho fosse implicância de cunho pessoal e hoje usasse venda e não quisesse investigar a gestão Bonifácio e suas práticas delituosas

Daqui a um mês e pouco o prazo que sustenta a liminar que afastou Dinaldinho expira e em fevereiro o prefeito eleito e legítimo volta, pois até agora absolutamente nada que sujassem suas mãos foi encontrado.

Acho injusto que um inocente seja penalizado com a supressão de seis meses no tempo que tinha para governar sem que nenhuma prova exista contra ele e um prefeito interino pinte o sete sem que o MP se pronuncie.

São coisas da política paraibana, onde os poderes às vezes se unem para atropelar a vontade da maioria. Um dia eu conto essa história e máscaras vão cair.

Dércio Alcântara

Tags: Tags: