Fale Conosco

Reinaugurada em 24 de abril do ano 2017, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Otávio Pires de Lacerda vem atendendo a população de Patos com excelência e recebendo  elogios dos usuários que procuram aquela unidade de saúde.

Os atendimentos têm crescido a cada mês, com um custo mensal de aproximadamente R$ 1.000.000,00 (Um milhão de reais). Só no mês de setembro, a UPA registrou mais de 6 mil atendimentos e outros dez mil procedimentos, totalizando quase 18 mil entre atendimentos e procedimentos. Um número comparado a hospitais de grandes centros. Veja números abaixo:

Atendimentos médicos – 3.050

Classificação de risco – 3.208

Assistente Social –  158

Fisioterapia –  48

Total: 6.464

Procedimentos   de enfermagem –  9.150

Laboratório –  1.534

Sutura –  15

Eletrocardiograma –  278

Total: 10.977

Total Geral: 17.441

Para constatar essa realidade, uma equipe do Ministério da Saúde realizou uma inspeção nas instalações, observando atendimentos, equipes técnicas, funcionamento, insumos e diversos outros itens exigidos para o pleno funcionamento constante na Portaria nº 10/GM/MS de 03 de janeiro de 2017, redefinindo as diretrizes de modelo assistencial e financiamento da UPA 24h de Pronto Atendimento como componente da Rede de Atenção às Urgências, no âmbito do sistema Único de Saúde. Com a habilitação, fica estabelecidos os recursos no montante de RS 1.200.000,00 (Hum milhão e duzentos mil reais) em parcelas mensais para o Fundo Municipal de Saúde de Patos.

No mês de setembro, o prefeito Dinaldinho Wanderley e a Secretária de Saúde, Andressa Lopes, estiveram em Brasília e receberam a confirmação da Habilitação da UPA e os recursos para seu custeio por caráter eminentemente técnico e sem a interferência de políticos.

 

 

Assessoria