Fale Conosco

Parte dos esforços da Prefeitura de João Pessoa para minimizar os impactos causados pela alta de casos da Covid-19 na cidade, a gestão ampliará o número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais da Capital. Segundo o vice-prefeito, Leo Bezerra (Cidadania), ainda nesta quarta-feira (24), chegarão mais 70 respiradores e 20 monitores, que serão implantados nas unidades de saúde municipais.

Os respiradores foram adquiridos pelo prefeito Cícero Lucena (Progressistas), através do empenho do governador João Azevêdo (Cidadania), da senadora Daniella Ribeiro, do deputado federal Aguinaldo Ribeiro e do Governo Federal.

“O prefeito conseguiu através da senadora Daniella Ribeiro, do Governo Federal, do deputado Agnaldo Ribeiro, e da força tarefa com o governador João Azevêdo, 70 respiradores e 20 monitores, que devem estar chegando hoje em solo pessoense e aí vamos dar mais suporte, ampliar ainda mais os números de leitos”, relatou Leo em entrevista ao programa F5, da 89 Rádio Pop.

A respeito dos leitos de UTI instalados, Leo Bezerra citou o Hospital Santa Isabel, que em uma semana deu um salto no número de vagas ofertadas, passando de 20 leitos para 50.

O vice-prefeito aproveitou a ocasião para pedir a colaboração da população e assim evitar o colapso na rede municipal de saúde, pois além da oferta de leitos, é necessária a aquisição de equipamentos, insumos e medicamentos. Leo também alerta ara os perigos da nova variante da Covid-19, que vem infectado uma faixa etária mais jovem.

“Nós não queremos chegar ao nosso limite. Precisamos de equipamentos, insumos e medicações para serem utilizadas na UTI. Na semana passada, quando reabrimos os leitos, de cara o prefeito já abriu oito leitos, praticamente 40 minutos depois, desses oito leitos, cinco já estavam ocupados. Essa nova cepa é mais contagiosa. Está contaminando uma faixa etária mais baixa da população, e o jovem quando é internado fica mais tempo dentro da UTI, o fluxo é menor”, justificou.