Fale Conosco

O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, informou em entrevista ao programa 360 graus nesta sexta-feira (8) que as vacinas cotadas para chegarem à Paraíba são a Coronavac (chinesa) e a Astrazeneca (oxford) e que a prioridade deverá ser mantida a profissionais da Saúde e a pessoas idosas. “Ninguém deverá furar a fila”, disse o auxiliar, se referindo a um recente pedido de um ministro do STF para receber a vacina de forma prioritária.

Durante o bate papo, o secretário, que assumiu a poucos dias a pasta na Capital, também rebateu a polêmica que foi criada em torno de sua declaração sobre o fim da exclusividade das UPAS para atendimento de pacientes com covid-19 e ao uso do termo “mimimi”. Rocha afirmou que suas palavras foram deturpadas, pois o que ele disse na época foi que cerca de 80% das pessoas com a doença tinham sintomas leves e que isso não justificaria fechar o atendimento para o público em geral nas unidades de pronto-atendimento.

Mais do que isso, o secretário indicou que o primeiro atendimento de uma pessoa com sintomas, caso não sejam graves, deve ocorrer nos Postos de Saúde e não nas UPAS. “Lá, já devem ser receitados os primeiros remédios e somente em caso de não melhorar os sintomas é que deve ser indicado procurar uma UPA. O nome já diz. UPA é para urgência”, disse Fábio Rocha.