Fale Conosco

Campina Grande e João Pessoa começaram suavemente a se transformar em campos de batalha, onde a guerra entre os futuros candidatos vai ganhando força a cada dia. Um exemplo bastante claro é a demonstração clara de Luciano Cartaxo (PT/JP) de não ser coadjuvante, mas um dos protagonistas na eleição da capital. Será possível?

Enquanto Luciano Agra, Cícero Lucena e José Maranhão brigam para representar os dois lados da moeda, Luciano pode figurar muito em breve como uma pedra no sapato de Cícero ou de Maranhão. Imaginem de Dilma resolver pedir votos para ele… A coisa pode ficar feia e mesmo que ele não venha a disputar diretamente a eleição, poderá ser o fiel da balança. Será que o PT apoiaria o PSDB?

Outra confusão é que Cícero e Maranhão podem acabar indo juntos para o segundo turno. Claro que Agra é um dos favoritos, até pelo tamanho da máquina, mas e se PSDB e PMDB forem para o segundo turno, que será que Ricardo vai preferir? Alguma dúvida?

Em Campina Grande, Daniella Ribeiro, que hoje é supostamente favorita pode despencar se não se tornar referência do cordão encarnado ou amarelo e honestamente hoje esta tarefa é impossível, já que o PMDB terá candidato e PSDB também.

Resumindo, os próximos prefeitos de João Pessoa e Campina Grande terão que comer muito feijão nas próximas semanas.

Essa dúvida nem Mãe Dináh tira!