Fale Conosco

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor está fiscalizando supermercados e similares desde a última sexta-feira (27), seguindo denúncias de consumidores sobre aumentos abusivos nos preços de gêneros alimentícios e de produtos de limpeza. Um estabelecimento foi autuado.

O secretário Helton Renê explica que a demanda de denúncias que está chegando ao Procon-JP é gigantesca e pede paciência à população porque todas serão averiguadas e que as três equipes de fiscalização da Secretaria estão trabalhando no esforço máximo, mas não podem atender a todos ao mesmo tempo. “Estamos trabalhando com afinco para atender a demanda, mas como o número de reclamações está muito grande, as pessoas devem ter paciência porque todas serão investigadas, porém não no momento exato em que recebemos, porque isso seria impossível”.

Ele afirma que a fiscalização do Procon-JP continuará trabalhando para atender a população devido à quarentena, como ação preventiva e de combate do Coronavírus (Covid-19), checando as denúncias considerando o grau de gravidade e depois por ordem de chegada. “Todos podem ter certeza de que vamos continuar no esforço para minimizar os possíveis danos à população nesse momento tão delicado, principalmente para fazer cumprir as medidas preventivas e para evitar abusividades nos preços”.

O que está funcionando – Supermercados e similares, padarias, farmácias, clínicas (inclusive veterinárias estão liberadas para funcionar. Desde a última sexta-feira (27), o Decreto Estadual 40.141/2020 prevê a abertura temporária de agências e postos de atendimento bancários especificamente para pagamentos de salários, de aposentados e de beneficiários do Bolsa Família.

Outros serviços abertos – O secretário Helton Renê explica que o último Decreto Estadual também autoriza a abertura de estabelecimentos, com restrições, que prestam alguns serviços como oficinas e concessionárias (manutenção e conserto), empresas de mão de obra terceirizada, fábricas de bomba de irrigação, ventiladores e ar-condicionado (manutenção), serviços funerários, vigilância e certificações sanitárias e fotossanitárias, transporte e entrega de cargas, transportes de numerário e produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados.

Atendimentos do Procon-JP na Capital

Telefones: 83 3218-5720 e 0800 083 20150
Site: proconjp.pb.gov.br
Email: procon@joaopessoa.pb.gov.br